Coleção MAISANGARA TUIUKA (Alma da Terra)

Essa coleção é a nossa coleção de textos indígenas e é dirigida pela mulher indígena Márcia Kambeba.
A Terra é mãe na cosmologia de muitos povos, ela está presente como a gestora da vida, dela muitos povos foram formados, alguns da água e há povo que tenha sua origem cosmológica ou sua cosmovisão no fogo. Saber explicar a origem
de seu povo e da vida é muito importante para os povos indígenas, nisso se tem envolvido o respeito, a cooperação, a partilha e o entendimento de ser natureza e não um admirador dela, mas alguém que sente e vivencia a dor de ver uma árvore tombar, um rio poluído, a terra desnutrida de nutrientes. Ao longo dos anos, os antepassados ensinaram o caminho dessa conexão, do cuidado mútuo, de retirar da natureza apenas o necessário para a sobrevivência, porque já se tinha a preocupação de preservar pensando nas futuras gerações. Isso se chama
bem-viver, saber conviver com os seus sem agredir a natureza e exaurir os recursos.
Diante disso, a cultura se faz necessária nesse novo tempo para informar, partilhar, construir juntos possibilidades que contribuam para o entendimento de mundo entre indígenas e não indígenas, proporcionando mecanismos que os possibilitem
compreender o mundo do outro por meio de uma ponte, a ponte
do respeito e da união. A escrita é recente na vida dos povos indígenas no Brasil.
Toda forma de transmissão de saberes se dava e continua sendo feita pela oralidade, legado e parte da cultura viva de um povo.

Exibindo um único resultado